📍MOSCOW, 🇷🇺 (PARTE I)

Oiiiiiiii gente, como vi que vocês gostaram do post sobre St. Peter, resolvi fazer já um sobre Moscow – minha segunda cidade preferida no mundo 🌍!

💙Acredito que qualquer pessoa que for para Moscow, vai ter a mesma reação, em se encantar a cada canto da cidade. Tudo é lindo 😻 e ao mesmo tempo, diferente! A arquitetura não tem a ver com Europa, mas sim, Moscow é a capital e a cara da Rússia💙

(Esse post tem muitaaaaa informação, então será dividido em DUAS PARTES. Vem comigo bb)

✨New Year’s Eve @ Red Square – a partir das minhas pesquisas, descobri que Moscow é um destino super procurado para os holidays do fim do ano (Natal e Ano Novo), e não tive dúvidas depois que estive na cidade durante essa época ~ não tinha como se mexer em qualquer lugar que eu fui ~ assim ficou bem claro que t o d o lugar estava lotado de turistas. Para quem não sabe, o Natal na Rússia é comemorado no dia 07/jan, porque eles seguem o calendário Juliano da Igreja Ortodoxa Russa. Assim, a árvore que seria de Natal, aqui é “árvore do Ano Novo”. O Papai Noel não é como o nosso, o nome dele aqui é “Ded Moroz” (há outras maneiras de escrever esse nome), que é uma figura folclórica – um senhorzinho parecido com nosso Noel, porém mais magro e acompanhado da sua neta (sim isso é estranho, mas seria devido ela ter uma “conexão” com as crianças e ela surgiu da neve, enfim, tipo Frozen). Toda essa bagunça de datas veio após a Revolução Russa de 1917, então, em 1929, quando os bolcheviques assumiram o poder, sendo o novo governo socialista ateu. Ficou proibido essa história de Natal, devido ser um feriado da Igreja, e assim a população mudou as datas tradicionais. E somente em 1990 que o Natal se tornou um feriado oficial aqui, com a queda do comunismo. É uma longaaaaa história de História mesmo, mas com esse resuminho já da para entender um pouco! Voltando aos dias de hoje, o melhor spot da cidade para ver a queima de fogos é na famosa e maravilhosa Red Square. Porém você não pode entrar propriamente no espaço da Red Square (daí eu já não sei qual o motivo), mas há polícia por toda parte e a bagunça é bem organizada mesmo. Então você fica ao redor dela. No meu caso, fiquei atrás da Saint Basil’s Cathedral, o que achei ótimo! Como o frio é demais, fomos para lá somente perto do horário mesmo. Foi lindo, eu amei. Na virada de 2017-2018, passei em St. Peter, e lá a queima de fogos é as 3h da manhã (do horário daqui), não sei o motivo, mas é um fato curioso.

✨Mendeleev Hidden Bar – optei por ir nesse lugar depois da queima de fogos. Segundo o TripAdvisor, é um dos melhores bares em Moscow, tendo os melhores drinks (e mais caros também kkkk um drink custa em média R$55 – no caso os mais baratos). Mas enfim, o negócio que é legal demais desse lugar, é que ele é um “hidden bar”, ou seja, um bar escondido. Você precisa achar a lojinha de Noodles e então entrar nela, daí você vai ver os seguranças ao fundo, quer dizer que você está no lugar certo. Mais “hidden” ainda, é que o bar tem um “face control” rigoroso. O que isso significa? Aqui na Rússia, existe essa parada de “face control”, que é, como diz no nome, uma questão de -se o segurança for com sua cara ou não-. Para mim, é literalmente isso, pois já fui barrada de lugares que pelo amor de Deus, nada a ver, pois eu estava bem vestida e etc. E se você comprar ingresso? Bom, a maioria dos lugares não trabalha com venda de ingressos, apenas em eventos especiais, entretanto mesmo assim você pode ser barrado pelo “face control”. Tá Natália, mas se o Mendeleev é cheio de frescuras, por que lá? Porque vale a experiência!!!! E porque aparentemente eles gostam de Brasileiros kkkkkkk ~ as duas vezes que fui, passei na frente de todo mundo e não tive nenhum problema para entrar!

🦄Prepare-se para um conto encantado, ou seria, infant….. (segue lendo e descubra!)🦄

Apesar de eu ter mais fotos do local, essa foto ficou linda!!! Assim, decidi deixar ela em destaque, somente para explicar o que significa essa palavrinha que parece ser complicada: Измайлово 🤪

❣️Se você prestar bem atenção, tenho certeza que vai conseguir visualizar e perfeitamente ler = I Z M A I L O V O 🤯 Deu certo né? Kkkk Brincadeiras a parte, o alfabeto cirílico (russo), não é difícil de aprender! Eu mesma já sei ler as palavras e outro dia até recebi elogio de um taxista 🤓

Mas vamos ao que interessa: QUE LUGAR É ESSE? 😻😻😻

✨Izmaylovo District – antes de qualquer pesquisa no Google, eu entendo que esse título engloba o Izmaylovo Park, Izmaylovo Market, Kremlin in Izmaylovo. (Faça uma pausa). Agora, após a pesquisa, continuo achando que é basicamente isso. Vamos por partes… Nessa foto, mais ou menos no centro dela, o que você consegue ver é a St. Nikolay’s Church. Tá, e o que que tem? O que tem é que essa é a maior Igreja de madeira construída em Moscow… assim como várias construções localizadas no chamado Kremlin in Izmaylovo. Essas construções foram inspiradas em desenhos de contos infantados (socorro, não sei como escreve isso) da antiga Rússia. Sério mesmo, andando por lá você não sabe nem para onde olhar, parece que tudo saiu de um desenho de criança! Falando da parte histórica, o Izmaylovo District era a antiga terra da família nobre Romanov. Porém, a história desse pedacinho de fairytales começou lá em 1389, ou seja, é velho para um caralho kkkk (o que torna tudo ainda mais interessante, obviamente, para os amantes de História como eu). E se algum deles passar por aqui e souber quem foi Peter the Great, saiba que foi lá mesmo que ele cresceu, descobriu a vida nos barcos e tal. E o que eu mais posso adicionar aqui é que tem um tal barco dessa figura que está exposto em St. Peter, no Central Naval Museum. Seguindo a linha histórica, mas avançando muito, chegamos em 1935, ano em que Izmaylovo tornou-se oficialmente parte de Moscow. Chega de História! Falando dos dias atuais, esse complexo é famoso por ser “palco” de casamentos (eu mesma vi um acontecendo lá!!), rodeado de bares e restaurantes com culinária típica russa, MUITOS museus (tem museu de tudo lá, tipo da Museu da História da Vodka, Museu dos Russian’s Fairytales, Museu dos Sinos, e não tem fim). E se você seguir andando por lá e se perdendo várias vezes, pois é difícil saber para onde olhar e além disso, o lugar parece um labirinto, você vai encontrar (uma hora ou outra), o Izmaylovo Market. Nessa espécie de “mercado público”, ocorrem varias feirinhas (tipo de produtos regionais – vem gente de tudo quanto é canto vender ali), mas algumas são permanentes. Andando pela feira/mercadão, você vai ver de tudo, MESMO. É bicho morto (de felinos até répteis), tapete de bicho morto, peles para por na cabeça, peles para por no pescoço, uma raposinha para aquecer quando da um frio no pescoço……. enfim, de tudo mesmo. Até os normais souvenires. E basicamente é isso! O Izmaylovo Park, pelo meu entendimento e interpretação de mapas, fica numa área fora desse complexo.

💕Espero que estejam gostando, que a leitura esteja sendo agradável e que você se sinta tipo, meu amigx, em uma conversa informal💕

Seguindo por Измайлово 😻

✨Nessas fotos você pode ver como é por fora do chamado Kremlin in Izmaylovo.

✨Nos vídeos (peguei só esses dois e, sinceramente, não tinha vídeos muito bons), você pode ver como é por dentro de lá. Acabei não filmando o Izmaylovo Market porque estávamos com pressa (e frio) e, naquele dia, não tinha tanto bicho morto para eu mostrar como é horrível aquilo. Quero deixar bem claro que eu sou SUPER defensora dos animais e da natureza. NÃO acho legal, mas é uma questão cultural, e na cultura dos outros a gente não se mete. Apesar das piadas, espero que tenham entendido!! 🙏🏼

✨Izmaylovo Park – agora, falando especificamente desse lugar, as fotos que tenham são essas que postei aqui (vá arrastando e siga meu raciocínio kkk). Elas foram tiradas na “periferia” do parque, porque eu não tenho paciência pra ficar passeando entre floresta e neve, não acho a menor graça (isso é uma opinião pessoal, óbvio). Inclusive, tanto não acho graça, como acho um perigo para tombos – e sofri uma queda ali por volta mesmo. Masssss, vamos falar de História! O Izmaylovo Park é um dos maiores parques de Moscow, sendo dividido em duas áreas: florestal e recreação. Foi inaugurado em 1931 e era conhecido como Stalin Park até meados de 1961. Voltando ao tempo das pedras (to brincando tá?), em 1663, o parque se tornou propriedade do tsar A. Mikhailovich. Foi então que esse carinha resolveu criar uma barragem em um rio que está no Izmaylovo Park (Serebryanka River), o que resultou na construção de varias pontes. No meio de uma delas, que se chama Serebryany, “se formou” ou surgiu (não sei), uma ilha artificial. Nessa ilha, foi construída o palácio oficial do tsar, que permaceu lá até 1855. Mais ou menos, por esse período, também foi construída uma Igreja por lá, que depois se tornou Catedral, enfim…. Só sei que o lugar era tão maravilhoso que abrigava MUITAS árvores e plantas exóticas, inclusive lá existiu um dos maiores zoológicos da Europa (mas isso naquela época né). Depois que o tsar faleceu, as coisas degringolaram (e a história fica confusa pra minha cabeça na real). Chegamos em 1839, ano em que o palácio do falecido tsar foi usado para servir de hospício (odeio essa palavra) e também casa para os veteranos da guerra com Napoleão. Também foi meio que um abrigo e possuía uma pequena escola para as crianças. Pensa num lugar doido esse kkkkkkk Voltando aos dias atuais, hoje lá aos arredores do parque, tem uma grande estação de metrô que se chamava Izmaylovsky Park, sendo que em 2005 trocaram o nome para Partizanskaya. Enfim, muita história envolvida nesse pedacinho encantado!! Hoje o parque é cheio de atividades, tanto no inverno quanto no verão. Repetindo que no inverno é só pra quem gosta de “indiada” mesmo. No verão, com certeza, no meu ponto de vista, o parque pode ser muito mais aproveitado!!!

💡Um fato curioso é que existe um Stand-Up Comedy Show, na TV aqui na Rússia, com o nome do parque – Izmaylovsky Park. O motivo é devido o nome do apresentador ser Leon Izmaylov – então ele fez uma combinação de uma coisa com a outra: o próprio nome e o fato do parque possuir uma área de recreação (engraçadoooooooo #sqn).

❣️Sobre esse “conto infantado” era isso pessoal!!! Não posso falar muito mais sobre minhas experiências lá, porque só fui 2-3x, todas durante o inverno!❣️

SE VOCÊ SEGUIU LENDO ATÉ AQUI, MEU MUITÍSSIMO OBRIGADA!!!!! VC É D+, NUNCA ESQUEÇA DISSO ❤️

(Continua na PARTE II)

FIRST STEP – UMA MALA 💼 SÓ DE LIVROS 📚

Oi pessoal, fiquei afastada durante esses dias pois tive compromisso desde sexta-feira (leia-se formatura kkk). Enfim, hoje é o dia que vou começar arrumar minhas malas, pelo menos um delas. Como eu postei lá no Instagram (clica no link aqui no Blog se você quiser me seguir seu/sua lindx), dei algumas breves dicas de como arrumar malas 💼, porém o espaço para texto é muito limitado lá, assim prometi que iria por passo-a-passo como faria com minhas malas – 3 malas de porão (despachadas), podendo ter 23kg cada + 1 mala carry-on . Aaaaand, como vou levar minha filha Sereia (ela é uma gata, de verdade, linda e gata ao mesmo tempo) (e eu sou apaixonada por ela, ela é tudo na minha vida e não vou a lugar algum sem minha vidinha), farei um post em breve, explicando como é o transporte de animais para o exterior. Prometo contar tudo que aprendi durante esses meses de preparação.

Voltando ao assunto malas e ao título do post: já tenho uma mala arrumada – a mala de livros 📖 📚. Claro, essa era a mais fácil de deixar pronta, mas fiz questão de tirar fotos de tudo, porque meu amigos, SÃO 23KG COMPLETOS em uma mala (inteligente) 😹.

Depois de pensar muito sobre o que eu faria com meus itens mais pesados = 3 casacos de pele, resolvi por um deles no fundo dessa mesma mala, com esperança que coubesse e desse certo o peso. Graças a Deus, funcionou.

Abaixo estão as fotos:

✨Coloquei uma legenda em cada foto (plus = consegui colocar meu tapete ryco de couro dentro dela, fique feliz demais hahahahah). Logo vou começar a arrumação das outras, aguardem os próximos posts. Obrigada se você leu até o fim, estou muito feliz com a repercussão do Instagram + Blog✨

05F20613-5CB1-415A-97A6-BE739ADE2783

Minha mala que tem mil anos de garantia da Eastpak – confio nela 100%

072595E5-D513-4CA8-A8B7-6CFC959CAB0D

Livros que eu amo muito

0E0801DA-C796-4ACB-B3C7-0A0E537969A7

Um livro que serve pra vida toda, mesmo que eu queira ser Psiquiatra

1B8121B1-E30D-4D2D-BE7D-03C5F6832F02

Livros do MEDCURSO, fiz até uma parte e depois tranquei devido à transferência. Estou levando eles para me ajudar até eu me adaptar a ler em Inglês/Russo.

3AC0508F-B1F2-4923-BB35-91CAC1461E85

Outros livros que eu amo muito e estão ligados a minha futura profissão.

94910DCA-335D-4D17-9221-89443CAB89AB

THE REAL FUR que pesa quase 3kg (para proteger ele, embalei em um saco gigante daqueles azuis – tipo para por lixo)

E7307742-2390-4A40-8C2A-DEEBAF7EEA1F

Outros amores pra mim (sim eu sou apegada aos livros) – notem o livro O Aleph ali, aquele que despertou meu amor pela 🇷🇺 Rússia

FB9E0949-913E-421F-AAD4-87AE7AA2FB09

Enfim, a mala SUPER HEAVY, com tudo dentro 🙏🏻